Flor e Dor



Flor e dor
Estou enganando a tristeza ando ao léu freneticamente passeando pelo corredor de flores da primavera
Sorrio para as borboletas que levemente seguem seus caminhos fazendo festa em cada flor
sabendo que a vida vai extinguir rapidamente
Como são espertas as borboletas, como somos bobos pensando que vamos viver para sempre
Deveríamos brindar mais a vida cantar ao amanhecer... chorar ao anoitecer... para que a dor
seja mais amena.

Um comentário:

Reciclagem e Arte disse...

Olá querida, vim retribuir a visita! Amei esta imagem das borboletas! E tb gostei dos teus trabalhos, és muito talentosa. Tenha uma boa semana. beijos